TÁ CONTADO

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

TA CONTADO

Por Zéluiz Varricchio - zeluxu@yahoo.com.br.
E o Congresso Nacional deu mais um exemplo de como governar contra a vontade popular, os aposentados e tantas categorias profissionais, ficaram fora do aumento salarial no orçamento para 2012. Os senadores e deputados só não se esqueceram de colocar emendas em seus próprios salários. O governo da presidente Dilma é cumplice deste absurdo, em que o povo novamente é sacrificado como um animal no abatedouro.

Existem dezenas de decisões judiciais sem serem cumpridas, como contra o governo e grandes empresas, que foram condenadas, porém, desrespeitam sem cerimonia o Poder Judiciário. Há casos em que doentes entraram na justiça e ganharam os processos, assim, Governos Estaduais, Municipais e até Federal, são obrigados, ou seriam, e teriam que pagar tratamentos e remédios. Além de não obedecerem à justiça, ainda riem do pobre paciente. Isto acontece, por que a maioria dos juízes, são fracos e, tem medo de afrontar governos e grandes empresários e faz vistas grossas em prejuízo do desprotegido cidadão.

A Câmara Municipal de São Paulo encerrou o ano com um saldo positivo em aprovações de projetos de lei do Executivo, e também dos próprios vereadores. Isto, segundo a Mesa Diretora da casa, que avaliou positivamente os trabalhos realizados naquela casa de leis. Ficaram pendentes de votações para o ano de 2012, inúmeros projetos de interesse da cidade, por haver desacordo entre os partidos, ou interesse de grupos empresariais. Como o ano que vem será eleitoral, haverá grandes debates e discussões, para atrair votos dos eleitores menos desavisados.

Tanto já se falou na enfermeira assassina, que matou o cãozinho indefeso, que até já fizeram algumas sugestões como: Colocar a calhorda no mesmo espaço com um Pit Bull com dor de cabeça. Assim, logo seria resolvido o problema e daria como exemplo, para quem tiver titica de galinha na cabeça. Em tempo, isto serviria também, para estupradores, pedófilos, assassinos de policiais e pais de família e alguns defensores dos direitos humanos, que só veem o lado dos bandidos.

E tem muita gente com nome e larga experiência politica, que está apostando numa grande reforma e renovação nos quadros do parlamento municipal. Vereadores que não corresponderam à expectativa do povo, outros antigos e, já dão como certa sua reeleição, podem sofrer um revés e amargar derrota nas urnas. Nomes como walmick Soriano, Nelsinho Paulista, Marcelinho Carioca, Diney, Tame Gretchen, Coronel Telhada, Capitão Conte Lopes, Luiz D’Urso, Afanázio Jazadi e tantos outros, podem tirar ou dividir votos, assim, atrapalhar a vida de políticos profissionais. Quem viver verá.

Vereadores de oposição dos partidos PT e PR, não entendem como o prefeito Kassab (PSD) com 11 bilhões em caixa, nada faz pela cidade, acham que o prefeito está guardando toda a dinheirama para investir neste ano eleitoral de 2012. Assim, poderá garantir vitória para alguns parceiros políticos, basta dizer que a indústria da multa, tem faturado como nunca, já que Kassab alterou as velocidades de várias avenidas que cortam a cidade, fazendo com que motoristas sejam autuados por trafegar acima dos limites permitidos. Em vias que é perfeitamente viável trafegar a 80 km hoje só a 60 km, com a desculpa de se evitar acidentes, mas o verdadeiro motivo é a arrecadação, basta acompanhar as madrugadas dos finais de semanas com mortes e embriagues.

PMs de Cristo: O Capitão PM Joel Rocha desenvolve um importante trabalho dentro da corporação, conscientizando a população sobre a importância de se olhar a religião sobre um ângulo responsável e fraterno. Rocha lidera um grupo de PMs evangélicos que transmitem solidariedade, e apoio dentro e fora da policia, para quem precisa de confiança, sem esquecer que é Policial Militar em primeiro lugar, e que isto não impede de levar o nome de Jesus à comunidade.

sábado, 17 de dezembro de 2011

TA CONTADO

TA CONTADO
Por Zéluiz Varricchio - zeluxu@yahoo.com.br.

O clima andou tenso nas ultimas semanas no plenário da Câmara Municipal de São Paulo, discussões pra lá de acaloradas tomaram conta da ordem do dia, só não chegando às vias de fato, por interferência da turma do “deixa disso”. Os principais protagonistas foram, os vereadores Dalton Silvano (PV) versus Atila Russomanno (PP) e o judoca medalhista olímpico Aurélio Miguel versus Ítalo Cardoso (PT). Tudo por conta de desavença entre defensores de Kassab e presença de votação em plenário.

Quem está de sorriso de orelha a orelha, são os coronéis reformados da Policia Militar, e que ocupam cargos de subprefeitos, na cidade. Os salários que antes eram de seis mil reais, deram um salto gigantesco para dezenove mil reais, graças ao tapa na cara que os vereadores deram na cara do cidadão aprovando mais este absurdo. Assim, alguns chegarão a receber a módica quantia de até cinqüenta mil reais, somando-se ao salário recebido de aposentado da PM. No Site da Câmara tem a relação dos votos favoráveis e contrários. Vereadores justificam que seguiram orientação dos partidos, e para não ferir a fidelidade partidária, votaram no aumento, e garantiram legenda nas eleições.
E mais uma vez chega o final do ano, e o legislativo paulistano não votou o projeto de lei do vereador Celso Jatene (PTB), que acaba com o recesso de julho na Câmara Municipal. Desde o ano de 2001 Jatene vem lutando para fazer valer a vontade da maioria da população, que quer o vereador trabalhando no mês de julho. Férias somente para alunos e professores, que tem que passar por período de reciclagem. Celso Jatene em conversa com este jornalista, disse: (tenho dezoito assinaturas de vereadores que são favoráveis a este projeto, porém, preciso convencer grande parte dos legisladores, e fazer coro com o desejo da população).

O Museu do Futebol que fica nos baixos do Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu), esta completando quatro anos de existência, criado pela Câmara Municipal de São Paulo, por iniciativa do vereador Goulart (PSD), vem sendo visitado até por turistas estrangeiros, e se tornou sucesso graças ao acervo raríssimo, que contempla inclusive, quem não é fã de futebol.

A Câmara Municipal aprovou o projeto dos Alvarás Provisórios, que dá a oportunidade de pequenos e micros comerciantes, regularem a situação de empresas junto à prefeitura. A bem da verdade, o vereador Adolfo Quintas (PSDB), foi quem primeiro se preocupou com o investidor e, apresentou projeto para acabar com o desespero do pequeno empresário. Porém, por acordos políticos, ficou convencionado que todos os vereadores ficariam como responsáveis por sua criação, tão boa era a idéia de Quintas, que a própria Câmara sairia como vencedora e receberia todas as glórias, e assim, numa demonstração de civismo, humildade e companheirismo, Quintas abriu mão dos louros e permitiu sua confecção como foi aprovado.

Um dos melhores vereadores e oradores que a Câmara Municipal já teve chama-se Carlos Apolinário (DEM), que reafirmou sua disposição em não disputar as próximas eleições. Apolinário, sempre coerente em suas manifestações está descontente com os rumos da política em São Paulo, e sente saudades dos tempos em que o legislativo era composto por figuras ilustres e cultas, onde o debate era a forma educada em discordar dos colegas. O parlamento municipal perderá muito com a ausência de Apolinário.

Walmick Soriano filho de Waldick Soriano é visita constante pelos corredores da Câmara. Walmick alega que passou a se interessar por política, após ouvir frases, ditados e visitas recebidas por seu pai, que era freqüentemente procurado por políticos de diversas correntes, tentando obter apoio do famoso cantor popular.

Esta coluna e o jornal desejam a todos os leitores e amigos um extraordinário NATAL e um ano repleto de REALIZAÇÕES. São os nossos sinceros votos.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

TA CONTADO

TA CONTADO
Por Zéluiz Varricchio - zeluxu@yahoo.com.br.
Com o final de ano, as escolas vivem um clima de festa e despedidas, como aconteceu na E.M.E.I Piolim, onde as crianças apresentaram diversas brincadeiras, contagiando e emocionando pais, professores e funcionários. Ocasião em que o destaque ficou por conta da pequena Raissa (foto), que brindou os convidados com um sorriso lindo e cativante espalhando com os alunos uma aura de paz, alegria e serenidade, responsáveis, Maria Antonieta Coordenadora e Ana Paula.

Esta coluna divulgou casos estranhos na Controlar, que faz a inspeção veicular obrigatória em São Paulo. Na época a promotoria investigou e com base nas denuncias, as investigações se aprofundaram, existem indícios de mais irregularidades. A CCR consórcio que administra a Controlar é composta de patrocinadores políticos, assim, é lógico se pensar, que a arrecadação seria desviada para “bancar” futuras campanhas. Só resta o Ministério Publico (O pilar oficial sustentável do povo) fazer valer a força da lei.

Foi instituído na Câmara Municipal, o primeiro Fórum pelas lutas e conquistas dos Direitos dos idosos. A iniciativa do vereador Milton Ferreira (PSD), e o evento tem a finalidade de reduzir acidentes entre os idosos. Milton Ferreira quer criar nas subprefeituras, conselhos especializados para encaminhamentos específicos. Também no orçamento, foram disponibilizados, 14 milhões para as prioridades.

O vereador Francisco Chagas (PT) quer instituir em São Paulo, a gratuidade na vacina contra o HPV–Papiloma Vírus Humano, para quem necessita de imunização. Para isto, Chagas apresentou Projeto de Lei, que torna obrigatório a Secretaria da Saúde desenvolver plano de vacinação e conscientização na população. O HPV é o segundo tipo de câncer que mais mata mulheres, perdendo apenas para o câncer de mama.

O Brasil é o país das contradições existem três poderes constituídos, Executivo, Legislativo e Judiciário, deveriam ser independentes, porém, não é isto que acontece. O Legislativo, responsável por criar leis cumpre seu papel, como no caso das sacolinhas plásticas, a Câmara Municipal, proibiu o seu uso na cidade a partir de 2012, alguns descontentes, procuraram a justiça e conseguiram “derrubar” a lei. Mas o Judiciário foi criado para fazer cumprir a lei ou não? Para que ter um poder, se outro interfere em sua independência? Inclusive, questionando leis aprovadas e que tiveram o crivo de uma CCJ-Comissão de Constituição e Justiça.

Acordos na Câmara Municipal para a composição da próxima mesa diretora, que irá reger o próximo ano. O certo é que o atual presidente José Pólice Neto (PSD) irá continuar no cargo, a primeira secretaria deverá passar para as mãos do PT, com o vereador Ítalo Cardoso, o PR – Partido da Republica vai ficar fora, por conta de dois vereadores, Antonio Carlos Rodrigues e Aurélio Miguel, que ao longo do ano, obstruíram quase todas as sessões. Rodrigues e Miguel, na eleição anterior trabalharam para eleger Milton Leite (DEM) contrariando a vontade do prefeito Kassab, que investiu pesado no nome de Pólice Neto e saiu vencedor.

Festa na Câmara dos Vereadores: Na ultima semana quem cortou bolo de núpcias, foi à vereadora e cantora evangélica Noemi Nonato (PSB). O casamento contraído com Gesiel Salustiano de Souza foi realizado em meio a muita alegria e sentimento. Este colunista e o jornal desejam a vereadora Noemi, um oceano de felicidades e o universo de amor como testemunha. Feliz Natal e Ano Bom a todos os amigos e leitores.

O cantor e vereador Agnaldo Timóteo (PR), agradece a Deus as alegrias de 2011 que recebeu, e, desejam aos amigos, eleitores e admiradores, muita saúde, paz e prosperidade em 2012. Registramos também, votos de Feliz Natal e sucesso no ano que principia do vereador Wadih Mutran (PP) (o mais antigo e tradicional legislador da Câmara) extensivo aos amigos e leitores. Sensibilizado agradecemos.

sábado, 3 de dezembro de 2011

TA CONTADO

O vereador Adolfo Quintas (PSDB), é um dos nomes fortes do partido, para as próximas eleições. Quintas que é reconhecidamente um líder em São Paulo faz um trabalho na Câmara de Vereadores, onde o principal foco de atuação é a população menos privilegiada, os tucanos apostam suas fichas em Quintas por seu desempenho na cidade.

Criado na Câmara Municipal, bloco entre PSD e PSB, a exemplo do Centrão, hoje enfraquecido, o novo bloco é formado por treze vereadores, dez do PSD e três do PSB. Se esta nova frente for poderosa como foi o Centrão, esperam-se adesões de outros partidos. Os vereadores Marco Aurélio Cunha (PSD) e Eliseu Gabriel (PSB), à frente da nova “coligação”, pretendem influenciar nos rumos da casa, e da mesa diretora, que pode continuar com o vereador José Police Neto (PSD).

A Câmara Municipal aprovou alvarás provisórios, que terá validades por 4 anos, agora comerciantes irregulares vão ter a chance de legalizar os seus negócios. Até pequenas oficinas em residências poderão ter a situação normalizada.

Viaturas da Administração Penitenciaria, que circulam em alta velocidade, que não respeitam nada e ninguém, dia deste provocou acidente nas av Rudge com Sergio Tomas, atropelando uma jovem na faixa de pedestres e no sinal vermelho. E sabem o que vai acontecer com o motorista, NADA é a impunidade oficial dando mau exemplo.

Secretários de Cultura e da Assistência, Carlos Kalil e Alda Marco Antonio criticaram os orçamentos de suas pastas para 2012, disseram que os valores foram alterados em 50%. As Secretarias do Planejamento e das Finanças são as responsáveis pelos cortes. Kalil e Alda pediram apoio aos vereadores. É inquietante, quando membros do governo, não se entendem e se atacam.

A Ong Transparência Brasil divulgou lista de vereadores “faltosos” constam parlamentares com mais de 50 faltas, a ONG faltou com a verdade em como funciona o Parlamento. Está no Regimento que na sessão Plenária, por acordo, o vereador pode ficar sem marcar presença, mas, está acompanhando tudo. Já a Ong não considera atestados médicos e até mesmo internação hospitalar, se o Edil não está no plenário, é taxado de faltoso, o que gerou protestos nos parlamentares. Seria bom alguém se dispuser acompanhar os trabalhos legislativos e ler o Regimento, que é aberto a todos.

O Governador Geraldo Alckmin (PSDB), se supera em como “quebrar” as pernas do povo, nesta semana foi aprovada na Assembléia Legislativa a privatização do Hospital das Clinicas. Alckmin quer passar para a iniciativa privada, cerca de 25% do HC, referencia em saúde na América Latina, assim, a exemplo da Eletropaulo, Comgás, Banespa e outras empresas que pertenciam ao Estado, em que a população ficou a mercê dos abusos e aumentos destas sanguessugas.

Esta coluna divulgou casos estranhos na Empresa Controlar, que faz a inspeção veicular obrigatória em São Paulo. Na época a promotoria investigou e com base nas denuncias, hoje, porém, as investigações vão além, pois existem indícios de mais irregularidades. A CCR consórcio que administra a Controlar é composta dos maiores patrocinadores de campanhas políticas, assim, é lógico se pensar, que a arrecadação astronômica, seria parte desviada para “bancar” futuras campanhas. Só resta o Ministério Publico (O pilar oficial sustentável do povo) fazer valer a força da lei.

O cantor e vereador Agnaldo Timóteo (PR), questionado pelo CQC da Band, deu uma aula de coragem e dignidade aos profissionais de imprensa daquele programa, palavras do próprio Timóteo. Complementando ainda, ele diz que não fugiu da verdade, e sua atitude perante o parlamento mostra a transparência política, junto ao povo e não se acovardará na defesa dos humildes. Timóteo, não tem rabo preso e fala o que pensa, doa a quem doer, finalizou.

Foi instituído na Câmara Municipal, o primeiro Fórum pelas lutas e conquistas dos Direitos dos idosos. A iniciativa foi do vereador Milton Ferreira (PSD), o evento tem a finalidade de reduzir o numero de acidentes entre os idosos. Milton Ferreira quer criar nas subprefeituras, conselhos e atendimentos especializados para encaminhamentos específicos. Também no orçamento, foram disponibilizados, 14 milhões para as prioridades da melhor idade.

O vereador Francisco Chagas (PT) quer instituir em São Paulo, a obrigatoriedade em aplicar gratuitamente a vacina contra o HPV – Papiloma Vírus Humano, para as mulheres que necessitem de imunização. Para isto, Chagas apresentou Projeto de Lei, que torna obrigatório a Secretaria da Saúde desenvolver plano de vacinação e conscientização na população. O HPV é o segundo tipo de câncer que mais mata mulheres, perdendo apenas para o câncer de mama.

O Brasil é de fato o país das contradições, existem três poderes constituídos, Executivo, Legislativo e Judiciário, teoricamente os três deveriam ser independentes, porém, não é isto que acontece. O Legislativo responsável por criar leis, cumpre seu papel, como no caso das sacolinhas de supermercados, a Câmara Municipal, proibiu o seu uso no município a partir de 2012, alguns descontentes no entanto, procuraram a justiça e conseguiram “derrubar” a lei. Mas o Judiciário acaso não foi criado para fazer cumprir a lei? Para que ter o poder Legislativo, se o Judiciário se julga superior a tudo e todos e interfere na independência dos outros poderes, inclusive questionando leis aprovadas e que tiveram o crivo de uma CCJ- Comissão de Constituição e Justiça.